terça-feira, 17 de novembro de 2009

Bar em formado de Caixão...

Uma empresa Ucraniana “Vichnist” (Eternidade), que oferece os serviços funerários na cidade de Truskavets, uma importante estação balnear ucraniana, escolheu a morte como tema para o menu (cardápio) e para a decoração do ambiente do seu bar com o mesmo nome.

A construção é em forma de caixão, as mesas são mesas normais e não os caixões, como aparece vinculado em alguma imprensa. Coroas de flores enfeitam as paredes do local, em vez de lâmpadas eléctricas – ardem velas. Na entrada do bar afixada uma piada: “Entrada só com pantufas brancas”, na Ucrânia assim referem-se às pessoas recentemente falecidas, diz-se “calçou as pantufas brancas”, etc. No menu os clientes podem escolher entre uma variedade de pratos que têm os nomes dos dias fúnebres. Alem disso, o menu é adoptado às datas fúnebres respeitadas na Ucrânia: 9 dias e 40 dias apôs o falecimento do ente querido.

A empresa e o bar são geridos por um casal, Vice – Directora Sra. Valentyna Piranyk e o seu marido e Director, Sr. Stepan Piranyk .

Foi o Sr. Piryanyk que contou para jornalista sobre surgimento desta ideia invulgar: “Queria surpreender os amigos, clientes e concidadãos, alem do que pretendia promover a empresa. Daí resolvi fazer este bar. Ele tem 20 metros de cumprimento, 6 de altura, na sua construção foram gastas 32 metros cúbicos de pinho. Acho que meu bar não é para mariquinhas, mas quem gosta de coisas picantes, de certeza vai visita-lo”.


Acredito que esse bar é um dos mais estranhos que conheci... imagina tomar um cafezinho ao lado dos caixões!!

4 comentários:

Gust... disse...

Cada dia mais me apaixono pelo terror e por tematizações *__*

17 de novembro de 2009 12:03
Caio disse...

aushaushaushaus muito estranho

17 de novembro de 2009 14:02
ραυℓô нєηяιqυê disse...

Fascinante*--*

21 de novembro de 2009 02:32
Tiago Alexandre disse...

Super diferente e estranho... Imagine estar comendo em um lugar escuro e aos redores de caixões...muito estranho mesmo..

21 de novembro de 2009 22:41

Postar um comentário