sexta-feira, 2 de outubro de 2009

São Paulo Mal Assombrada - Castelinho

As Casas Mal Assombradas sempre são temas e cenário principal de diversos filmes de terror, ou histórias de halloween, Sempre são misteriosas, com vidros quebrados, gritos durante a noite e quase ninguém tem coragem de passar na frente.

As Casas Mal Assombradas geralmente são bastante comuns em cidades do interior, normalmente casarões abandonados que pertenceram a grandes famílias tradicionais e que ficaram abandonados com o passar do tempo... Mas se você pensa que uma cidade como São Paulo está longe de ter lugares considerados assombrados ou habitados por espíritos, está enganado! O Blog Indiana Mystery apresenta agora uma super série de matérias epeciais "São Paulo Mal Assombarada" lugares reais e histórias incríveis! Toda sexta, aqui no blog.
O Castelinho da Rua Apa:

Segundo informações encontradas na Internet, em 1912 foi construído o Castelinho na Rua Apa, travessa da Avenida São João, número 236, que na época veio a ser a moradia de uma das famílias mais ricas e tradicionais de São Paulo, os Guimarães dos Reis.

Diz à lenda que no dia 12/05/1937, os três proprietários do Castelinho foram encontrados mortos. Apesar do caso não ter sido totalmente solucionado, o caso foi dado como encerrado pela polícia, cuja versão não convenceu os vizinhos na época, foi que um dos irmãos atirou no outro e a mãe desesperada, se colocou entre os filhos, sendo baleada também. Depois de dar conta de seus atos, o assassino cometeu suicídio.

O motivo segundo a polícia, é que um dos irmãos queria transformar um Cinema que era de propriedade da família, em um pista de patinação, idéia que foi contra a de seu irmão, que não via o negócio com bons olhos, gerando motivo de briga.

O caso foi encerrado, mas não solucionado, porque a polícia foi incapaz de descobrir qual dos irmãos seria o assassino. Como é possível um suicídio sem arma do crime? Se foi um crime passional, porque ouve o segundo disparo que atingiu a mãe? Essas questões ficaram sem resposta.

Desde então, ninguém jamais conseguiu passar a noite no Castelinho da Rua Apa. Aqueles que tentaram relataram terem ouvido gemido e correntes, visto aparições e vultos de espíritos, além de ouvirem disparos que causaram a morte das vítimas, que teriam continuado vagando pelo local.

Se isso realmente aconteceu ninguém realmente sabe, mas o portão do número 236 da Rua Apa está aberto, assim como as portas do Castelinho, e mesmo em noites muito frias de inverno os moradores de rua não ousam pernoitar no local.

Segundo o site Sobrenatural.org a soma dos números 2,3 e 6 é 11, o número da magia e do sobrenatural na numerologia. O Castelinho fica em uma bifurcação, elemento comum em rituais de magia negra.

E você, tem coragem? O Castelinho está localizado na Rua Apa, zona Central de São Paulo. Vá fazer uma visitinha rsrs.
Foto: Sobrenatural.org
Semana que vem tem mais! Não deixe de acessar.

6 comentários:

leonardo disse...

Nossa não parece são paulo..... Qe medo

2 de outubro de 2009 12:28
Anônimo disse...

Imaginem esse castelinho de noite...

3 de outubro de 2009 07:55
Gust... disse...

Nunca tinha visto falarem deste lugar, nossa, medo* HAHAHA!
Que venha mais histórias macabras!

3 de outubro de 2009 13:22
Caio disse...

boa história

3 de outubro de 2009 13:29
Anônimo disse...

Conheço esse local. Em 2008 passei lá por várias ocasiões a pé e hoje passo de carro.
Na época em que passava a pé, havia vários moradores de rua habitando o castelinho.
Atualmente parece que ainda há pessoas morando lá, mas já não passo tão próximo para confirmar.

2 de fevereiro de 2010 08:17
Anônimo disse...

Passei por la ontem eu e meu irmão ficamos morrendo de medo , acho que teria coragem de entrar ai!Eu adoro uma adrenalina um frio na barriga , e teria coragem de entrar la sim ! bgs .

30 de abril de 2011 13:26

Postar um comentário