terça-feira, 29 de setembro de 2009

3º Parte - Você tem medo de Palhaços?



Parque Macabro (Carnival of Souls)


Alex é uma jovem perturbada por lembranças do passado e do brutal assassinato de sua mãe. Parada à beira da estrada, assusta-se ao ver um balão amarrado ao limpador de para-brisa do carro. Trêmula, tira o balão, entra no carro e trava as portas. Mas, uma voz às suas costas a faz gelar. É Louis, o assassino de sua mãe, que retornou após 20 anos de prisão. Armado, Louis obriga Alex a dirigir até o parque abandonado onde se conheceram, há 20 anos. Desesperada, ela leva o carro em direção ao mar. E o afunda na água! Logo o corpo de Louis vem à tona. Mas, e Alex? Alex está em baixo d'agua! Podemos vê-la... Numa banheira. Embora tudo pareça não passar de um sonho resgatando fatos aterradores, o verdadeiro pesadelo está só para começar.




"Palhaço Assassino (Clownhouse, 1989)"




Três irmãos adolescentes, o caçula Casey Collins (Nathan Forrest Winters), Geoffrey (Brian McHugh) e o mais velho Randy (Sam Rockwell), passam a noite sozinhos numa grande casa (o pai está ausente por causa do trabalho e a mãe está fora visitando parentes). Paralelamente, três doentes mentais perigosos escapam de uma clínica psiquiátrica e vão até um circo instalado na região. Eles matam os palhaços que acabaram de fazer uma apresentação e tomam suas fantasias, pintando os rostos e transformando-se nos lunáticos Cheezo (Michael Jerome West), Bippo (Byron Weible) e Dippo (David C. Reinecker), que decidem aterrorizar os jovens, especialmente o coulrofóbico Casey.

Quando o assunto é filme de horror com palhaços, um dos mais lembrados é “Palhaço Assassino” (Clownhouse, 1989), escrito e dirigido por Victor Salva, cineasta mais conhecido por “Olhos Famintos” (Jeepers Creepers, 2001) e a seqüência de 2003. O título nacional é bem ruim e apelativo e quase se confunde com “Palhaços Assassinos”, uma bagaceira cultuada misturando horror e ficção científica, com alienígenas parecidos com palhaços chegando ao nosso planeta e se alimentando dos humanos, cujo título original é o sonoro “Killer Clowns From Outer Space”.

“Palhaço Assassino” não apresenta nada de especial, limitando-se a explorar a fobia por palhaços com um grupo de jovens sendo perseguidos e lutando por suas vidas. Temos algumas boas doses de suspense e as correrias de praxe. Mas, no final, tudo é comum e sem grandes atrativos. Vale conhecer o filme pela curiosidade do tema e por Victor Salva, que ganhou certa notoriedade pela franquia “Olhos Famintos”.
Trailer do filme:

“Nenhum homem pode se esconder de seus medos. Eles fazem parte dele. Eles sempre saberão onde ele está escondido”

3 comentários:

leonardo disse...

palhaços são muiito legais

29 de setembro de 2009 13:14
ϟ Filipe K. Femme disse...

Qdo eu era criança eu morria de medo :s não que isso aconteça ainda hoje ;P

1 de outubro de 2009 17:06
Gust... disse...

Gostei desse filme, interessante!!

1 de outubro de 2009 18:40

Postar um comentário