segunda-feira, 25 de maio de 2009

1º Parte - A origem das Bruxas


As Bruxas sempre estiveram presentes na imaginação das pessoas, em histórias como a da "Branca de Neve e os Sete Anões" elas eram malvadas, tinham uma aparência feia, eram gordas e todos morriam de medo.

Não se sabe a exata origem das Bruxas, constam relatos de que elas existam desde os primórdios da humanidade. Há duas teorias para a existência de tais seres:

1) As práticas de bruxaria envolvem rituais simbólicos desde os tempos neolíticos. A primeira demonstração da arte de devoção foi encontrada em cavernas do período neolítico, onde havia ilustrações dos rituais de adoração às deusas da fertilidade dos povos primitivos.

Dessa forma, as experiências visionárias, rituais de caça e cerimônias de cura sempre estiveram presentes nos símbolos e metáforas de cada cultura. Na Grã-Bretanha as sacerdotisas druidas estavam divididas em três classes. As que viviam em conventos num regime de celibato eram as da classe mais alta. As outras duas classes, que eram das sacerdotisas, podiam se casar e viver nos templos ou com os maridos e família. Com a era do cristianismo, foram denominadas “Bruxas” e perseguidas por muito tempo.

2) Durante a Idade Média toda e qualquer mulher que conseguia poder, passavam gradativamente a ser considerada bruxa. Bruxa em sânscrito significa “mulher sábia”. As bruxas eram denominadas sábias, até a Igreja lhes atribuir o significado secundário de mulheres dominadas por instintos inferiores.

Sem mito algum, as bruxas eram apenas mulheres que conheciam e entendiam do emprego de ervas medicinais para cura de enfermidades, e colocavam em prática seus conhecimentos nos vilarejos onde habitavam.
Com a chegada do Cristianismo, começando a imperar a era patriarcal, as mulheres foram colocadas em segundo plano e tidas como objetos de pecado utilizados pelo diabo.
Muitas mulheres não aceitaram essa identificação e rebelaram-se. Essas, dotadas de poder espiritual, começaram a obter novamente o prestígio que haviam perdido o que passou a incomodar o poder religioso. Assim acusar uma mulher de bruxaria ficou fácil, bastava uma mulher casada perder a hora de acordar, que o marido a acusava de estar sonhando com o demônio.

Por falar em Bruxa... A Bruxa é uma das personagens clássicas do Castelo dos Horrores, o cenário da Bruxa fica depois da Possuída e sem dúvida garante uma boa dose de susto nos visitantes, alguém já ouviu a gargalhada da Bruxa? Quem ouve nunca esquece.





Continua....

4 comentários:

Gustavo disse...

Legal !

Eu não esqueço mesmo a risada da bruxa do castelo! :)
Me lembrei do Mystery Day, ela dando a risada!

27 de maio de 2009 12:43
danilo disse...

Adoro elas!!!
Ainda mais akelas que tem uma verruga no nariz!!!
RSRSRSRSR

27 de maio de 2009 13:31
Filipe disse...

A bruxa do castelo é a melor mel eu num tenho medo dela eu gosto dela,maravilhosa, simpática e adorável ;D

30 de junho de 2009 15:43
Filipe disse...

mas fikay com medo da 1ª foto :S

30 de junho de 2009 15:46

Postar um comentário